Uma casa acompanhada de objetos simples do cotidiano como: colher de pau, pequenas panelas de alumínio ou potes de plástico, pode se tornar um ambiente rico em experiências e vivências educativas. A ideia que nos parece tão ingênua, vem conquistando os bebês e crianças bem pequenas da Creche Municipal Paulo Alexandre Mosca Cintra, no município de Itaquaquecetuba, região do Alto Tietê na Grande São Paulo.

            A abordagem de exploração livre de objetos foi introduzida pela médica pediatra austríaca Emmi Pikler, na década de 30 e traz a concepção de que a criança é completa, curiosa e habilidosa desde o seu nascimento. Sua pesquisa nos leva a refletir sobre a valorização da atividade autônoma dos pequenos e a importância em ter um adulto referência para estreitar sua segurança afetiva e a partir dai entender e relacionar-se com o mundo.

            Partindo desta abordagem, a coordenadora da creche Rosiclea Siqueira, iniciou junto aos educadores uma proposta de orientação às famílias para que estimulassem as crianças em casa a manusear e explorar livremente os objetos, relatando as observações, escolhas e as habilidades motoras presentes em cada etapa de desenvolvimento.

            Desde o início do ensino remoto, em 11 de maio de 2020, as unidades escolares de Itaquaquecetuba, estão reinventando suas práticas e orientando as famílias como estimular o desenvolvimento, de maneira que não passem ociosas e sem motivação, o período de distanciamento físico.

             Os relatos dos familiares superaram as expectativas das educadoras, pois os pais descobriram que adquirir um brinquedo que já vem pronto, colorido e com som é menos interessante e desafiador, do que aquele que está dentro de seu armário, aguçando a imaginação, permitindo diferentes sensações, novos sons e permitindo um momento de grande diversão e descoberta para a criança.

            O Secretário de Educação de Itaquaquecetuba, Fabiano Oliveira Novais, acompanha as postagens das famílias nas redes sociais das creches e considera imprescindível, neste momento, as escolas pensarem suas práticas para abordagens educativas voltadas ao vínculo afetivo com os familiares e as vivências cotidianas.

Daniela David Delgado – Mestranda em Ciências da Educação / UniEvora – Portugal. Diretora do Nfapa (Núcleo de Formação da Secretaria de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de  Itaquaquecetuba).

10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
MARCIA LESSA
MARCIA LESSA
1 ano atrás

Tudo é brinquedo para criança…as vezes um brinquedo sofisticados não é tão interessante quanto algum objeto q tenha em casa.O som também é importantíssimo.

SHENIA SILVA SOUZA
SHENIA SILVA SOUZA
1 ano atrás

A proposta do brincar heurístico é justamente oferecer mais experiências com objetos que possibilitem a livre experimentação despertando os sentidos e o exercício da escolha e da autonomia. E pode levar essa orientação aos pais e familiares de forma tão prazerosa e com objetivos específicos para a idade da criança é realmente sensacional, os resultados estão muito satisfatórios.

Patrícia Emília
Patrícia Emília
1 ano atrás

o Brincar na Educação Infantil é um facilitador da ação constante da aprendizagem. O brinquedo é um instrumento muito importante, lembrando que tudo pode virar brinquedo ou brincadeira, para os pequenos. Toda a Ação por meio do brincar é uma forma de descoberta, a criança cria e recria, explora e representa sendo protagonizadora de suas brincadeiras.
Eu tenho um imenso orgulho de fazer parte da Rede de Ensino ITAQUAQUECETUBA. PARABÉNS! AO NOSSO SECRETÁRIO QUE VIVE INTENSAMENTE A EDUCAÇÃO DE ITAQUAQUECETUBA! AO NÚCLEO PEDAGÓGICO! AOS DOCENTES! QUE BRILHANTEMENTE REALIZAM SUAS AULAS! #BRINCAR #HEURÍSTICO E EM ESPECIAL A DANIELA DELGADO.

Jaqueline Marques
Jaqueline Marques
1 ano atrás

O brincar heurístico promove tantas experiências aos pequenos, é tão enriquecedor. Parabéns a equipe que conseguiu levar aos familiares essa prática.

Elizabeth Ribeiro
Elizabeth Ribeiro
1 ano atrás

Trabalho de excelência, parabéns a todos!

Letícia Dellalibera
Letícia Dellalibera
1 ano atrás

Emmi Pikler realmente é uma grande referência para o desenvolvimento da criança. O brincar heurístico além de ser muito significativo, é super acessível, principalmente pensando no período de distanciamento social. Parabéns, Itaquaquecetuba!!! 👏🏻

Maria Cristina Perpétuo
Maria Cristina Perpétuo
1 ano atrás

Parabéns aos profissionais da educação do município de Itaquaquecetuba!
Todos engajados para que o ensino ocorra de forma dinâmica, criativa e carregada de significados.
Parabéns à gestão do secretário de Educação, Fabiano Novais!

FABIANA BORGES
FABIANA BORGES
1 ano atrás

O brincar heurístico é de grande vália, pois, o mesmo prepara o ambiente, observa a interação das crianças com seus pares, crianças com os materiais e crianças com o espaço.
Um trabalho de excelência…🌟💞🌞🌟

Adeline Silva
Adeline Silva
1 ano atrás

O brincar heurístico liberta a criatividade da crianças de brincar, tornando essa atividade muito mais estimulante e prazerosa e contribui para o desenvolvimento da habilidade concentração, parabéns a todos profissionais envolvidos. Parabéns Semecti pelo ótimo trabalho que vem fazendo .

Ivonilda Da Silva Duarte Ferreira
Ivonilda Da Silva Duarte Ferreira
1 ano atrás

O Brincar é uma das ferramentas fundamental para a aprendizagem significativa da criança. Amo ultilzar essa metodologia.